Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Xiaomi retorna ao Brasil e promete para junho inauguração de loja física
Xiaomi retorna ao Brasil e promete para junho inauguração de loja física
Home > Mobilidade

Xiaomi retorna ao Brasil e promete para junho inauguração de loja física

Loja ficará em São Paulo e venderá, além dos smartphones, outros itens do catálogo da companhia, como patinetes elétricos e produtos para a casa

Caio Carvalho

22/05/2019 às 15h46

Foto: Shutterstock

Legenda:

A chinesa Xiaomi anunciou oficialmente, em um evento realizado em São Paulo, nessa terça-feira (21) seu retorno ao Brasil. E com uma surpresa: a fabricante chinesa vai inaugurar sua primeira loja física no País. O espaço ficará no Shopping Ibirapuera, na cidade da São Paulo, e será aberto no dia 1º de junho. Na mesma semana, a gigante asiática promete lançar seu marketplace pelo link mi.com.

De acordo com a Xiaomi, no local, os consumidores poderão testar alguns dos principais smartphones da marca, entre eles os recém-lançados Mi 9 e Redmi Note 7. Mas também terão acesso a peças curiosas e que muita gente pode desconhecer do catálogo de produtos da empresa. Isso inclui patinetes elétricos, barbeador, escova de dentes, power banks, projetores, lâmpadas e até mochilas. Uma ação especial deve promover a inauguração na loja, entretanto, a assessoria de imprensa da Xiaomi no Brasil não forneceu mais detalhes.

A Xiaomi ainda não confirmou quando lançará seus dispositivos por aqui. Contudo, a companhia possui uma lista enorme de itens voltados principalmente para casas. Entre eles torradeira, lixeira, escova de dentes, mochilas, câmeras e muitos outros - a Xiaomi promete cerca de uma centena de produtos para o ano de 2019. Tudo pode ser controlado por um app de celular chamado Mi Home, que oferece a possibilidade de configurar múltiplos gadgets da Xiaomi simultaneamente.

Também não foram divulgados os preços dos produtos. A companhia afirma que uma parte desses dispositivos ficará exposta na futura loja física.

Smartphones

A fabricante também aproveitou o evento para lançar seus smartphones: Redmi Go, Redmi Note 6 Pro, Redmi 7, Redmi Note 7, Mi 8 Lite e Mi 9, que estarão disponíveis tanto no varejo físico quanto online. Os preços variam entre R$ 649 e R$ 3.999.

Os celulares serão vendidos em parceria com a DL Eletrônicos, que ficará responsável pela operacionalização dos dispositivos - desde a homologação até a pós-venda dos produtos. Segundo Luciano Barbosa, head do projeto Xiaomi no Brasil, os aparelhos ganharão atualizações ao mesmo tempo que os demais dispositivos da marca globalmente. Entre os updates recentes estão melhorias na função de reconhecimento facial e mudanças na interface MUIU. Além disso, todos os smartphones ganharão versões exclusivas para os brasileiros.

Em lojas físicas, as redes da Pernambucanas e Ricardo Eletro já comercializam os celulares da Xiaomi. Outras varejistas, como a Magazine Luiza, também começarão a vendê-los em breve. Os únicos dispositivos que tiveram o preço revelado são o Xiaomi Redmi Note 7, que sairá por R$ 1.699, e o Xiaomi Mi 9, que custará R$ 3.999.

Para ler a ficha técnica dos aparelhos, confira a PC World.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site