Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Serviço de VPN, Hola vende conexão de seus usuários para terceiros
Serviço de VPN, Hola vende conexão de seus usuários para terceiros
Home > Internet

Serviço de VPN, Hola vende conexão de seus usuários para terceiros

Extensão do Chrome e Firefox, famosa por desbloquear restrições geográficas do Netflix, vendeu largura de banda de seus usuários para rede chamada Luminati

Ian Paul, PC World (EUA)

29/05/2015 às 16h10

Hola1_625.jpg
Foto:

Às vezes, um serviço gratuito na verdade não se trata de um serviço realmente gratuito e você pode acabar pagando por ele de formas inesperadas. Se você utiliza a extensão "Hola Better Internet" para o Chrome ou Firefox, bem, este é o caso.

E mais, seu pagamento pode estar acontecendo por meio de uma botnet - rede de computadores que executa tarefas automáticas. 

O Hola é um serviço de VPN (Virtual Private Network) muito popular que direciona o seu tráfego por diferentes países para mascarar sua verdadeira localização. Dessa forma, você pode eliminar restrições regionais para assistir as versões das bibliotecas americanas do Netflix de onde você estiver.

Tradicionalmente, o serviço de VPN encaminha o seu tráfego a servidores dedicados, mas o Hola utiliza recursos ociosos de PCs de seus usuários. O que significa que, essencialmente, usuários da extensão se tornam servidores de VPN. Se você estiver em São Paulo, por exemplo, e o Hola estiver rodando em seu PC, talvez você esteja ajudando outros usuários fora do país a assistirem ao Netflix.

Dessa forma, o Hola não precisa pagar por custos de largura de banda para seus usuários. Ao invés disso, ele pode passar os custos para terceiros.

Os custos de bandwidth, provavelmente, são os mais altos que uma empresa em VPN têm de lidar. Para manter seus custos mais baixos, companhias precisam se beneficiar de publicidade ou limitar a quantidade de largura de banda de um cliente.

Por que isso importa: Bem, se há algum exemplo de como é importante ler os Termos de Aceitação de Serviço quando você utiliza um gratuito, o Hola está aí para dar razão a tal.

Para ser justo, por meio dos "Termos de Serviço" a companhia sempre deixou claro que utiliza PCs ociosos para colocá-los em rede. Mas a maioria dos usuários, provavelmente, não percebe quando contrata o serviço.

A forma como a Hola funciona parece justa o suficiente se você pensar que, ao mesmo tempo que você utiliza a largura de banda e os endereços de IP de outros para assistir seus filmes no Netflix, você também está ajudando na conexão de outros usuários.

A Hola afirma que somente encaminha o trafégo do seu PC quando sua máquina está completamente ociosa. Seu aparelho precisa estar conectado à eletricidade, não ter nenhuma atividade do mouse ou teclado e sua conexão deve estar ligada ao Wi-Fi ou à cabo.

A Hola também oferece um serviço premium por US$ 5 ao mês que permite que você utilize sue serviço sem ser um nó da rede ou uma rede P2P.

No entanto, a Hola também vende a conexão e seus usuários para outro serviço chamado Luminati. Diferente de Hola, o Luminati é uma rede VPN que oferece bandwidth a qualquer pessoa que precise movimentar grande quantidade de tráfego através da Internet.

É o mesmo serviço que foi usado para criar uma botnet para atacar o site 8chan, de acordo como moderador do site Frederick Brennan.

O fundador do Hola, Ofer Vilenski confirmou mais tarde ao TorrentFreak que um hacker, de fato, utilizou o Luminati para invadir o 8chan. Mas não está claro se o Hola divulgou anteriormente o uso Luminati aos seus usuários. Sabe-se que agora o FAQ do Hola explica o papel do Luminati em seu site.

A empresa disse que está tomando medidas corretivas para prevenir pessoas mal intencionadas de usar o Luminati de novo.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site