Home > Inovação

Qualcomm agora quer impedir venda dos novos iPhones XR e XS na China

Após obter vitória nos tribunais para barrar modelos mais antigos, fabricante de chips agora vai atrás dos modelos mais recentes.

Da Redação

13/12/2018 às 15h47

iphone-xr-colors-schiller-100771835-large.jpg
Foto:

Poucos dias após obter uma vitória nos tribunais para barrar a venda de modelos mais antigos do iPhone na China, a Qualcomm busca fazer o mesmo com as novas versões XS, XS Max e XR no país asiático, segundo informações da Reuters.

De acordo com a agência de notícias, que cita informações do Financial Times, a fabricante de chips confirmou ter entrado com a nova ação, que usará as mesmas acusações contra a Apple de violação de duas patentes de software.

A Qualcomm acusa a Apple de ter violado duas patentes suas de software, sendo uma relacionada ao redimensionamento de fotografias e outra ao gerenciamento de apps na tela touchscreen. 

A decisão preliminar favorável à Qualcomm, que foi publicada nesta segunda, 10/12, cobre a versão do sistema operacional móvel da Apple até o iOS 11. Na prática, a liminar se reflete na venda de iPhones a partir do iPhone 6S até o iPhone X – ou seja não cobria os iPhones XS, XS Max e XR, citados acima, que foram lançados em 2018 pela companhia de Cupertino.

Disputa mais ampla

Vale também lembrar que essa disputa acerca do software é separada daquela que a Qualcomm e a Apple travaram acerca dos modems da primeira empresa. A Apple acusou a Qualcomm de abusar de sua posição de liderança no fornecimento de chips móveis. 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail