Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Prefeitura de SP anuncia expansão de programa de Wi-Fi gratuito
Prefeitura de SP anuncia expansão de programa de Wi-Fi gratuito
Home > Internet

Prefeitura de SP anuncia expansão de programa de Wi-Fi gratuito

Em edital, administração propõe parceria com iniciativa privada, que poderia "explorar modelos de negócios baseados na publicidade digital" como contrapartida

Da Redação

26/11/2018 às 10h22

wifishutterdestaque_625.jpg
Foto:

A Prefeitura de São Paulo anunciou na última sexta-feira, 23/11, o lançamento de um edital para expansão dos pontos de Internet gratuita na cidade do programa WiFi Livre SP por meio de parcerias com a iniciativa privada. 

Conforme a administração, a ideia é pelo menos duplicar até 2020 a rede de conectividade, que atualmente está disponível em 120 praças e parques da cidade, com ofertas de empresas e organizações.  

A iniciativa para expandir o programa propõe 300 pontos de conexão “obrigatórios” na capital paulista, incluindo aí centros culturais e bibliotecas, centros desportivos e pontos turísticos, além de apontar outros 319 locais opcionais.

Publicidade e privacidade

Conforme a Prefeitura, o novo edital propõe que as companhias interessadas em oferecer Internet gratuita recebam “como contrapartida o direito de explorar modelo de negócios baseados na publicidade digital”. O edital de credenciamento ficará aberto por seis meses, sendo que as empresas credenciadas poderão explorar o serviço por cinco anos. 

Em um comunicado sobre a novidade, a secretaria de comunicação do órgão destaca que o documento em questão segue “de forma irrestrita” as diretrizes do Marco Civil da Internet e Lei Geral de Proteção de Dados Pessoas, “garantindo direito à privacidade, à neutralidade da rede e à proteção de dados pessoais”. 

Economia

Segundo a administração, esse formato permitiria que a administração economizasse cerca de 12 milhões de reais ao ano, que é o investimento necessário para manter os 120 pontos de acesso atuais, citados acima.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site