Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Pela primeira vez, sites infectam aparelhos Android com malware
Pela primeira vez, sites infectam aparelhos Android com malware
Home > Mobilidade

Pela primeira vez, sites infectam aparelhos Android com malware

Empresa de segurança Lookout Mobile Security identificou endereços contaminados que baixam trojans automaticamente

Jeremy Kirk, IDG News Service

03/05/2012 às 17h58

Android_oracle.jpg
Foto:

Analistas da Lookout Mobile Security identificaram sites que foram alterados para infectar dispositivos Android com softwares maliciosos, em uma forma aparentemente nova de ataque à plataforma. 

Esse tipo de golpe é conhecido por drive-by download (ou download guiado, em tradução livre) e é comum em desktops: quando a pessoa visita um site malicioso, o malware é baixado e pode infectar o computador caso a máquina não esteja com proteção em dia. “Parece ser a primeira vez que websites estão sendo usados para distribuir trojans direcionados para dispositivos Android” afirma a Lookout em seu blog

A companhia afirmou que identificou um “grande número” de sites que foram comprometidos, porém o tráfego desses endereços é muito baixo. Por isso, a empresa espera que o impacto dessa infecção seja baixo. A ameaça é chamada “NotCompatible”, e tenta se instalar sozinha no aparelho. 

“Essa ameaça não parece causar nenhum dano direto ao aparelho, porém poderia ser utilizada para obter acesso ilícito a redes privadas, ao transformar o dispositivo Android em uma espécie de proxy. Essa informação é importante para administradores de TI, já que um aparelho infectado pode servir para obter acesso a sistemas ou informações protegidas, seja em empresas ou até mesmo de governos.

O NotCompatible começará a ser baixado automaticamente se o site detectar que um dispositivo Android está visitando o site. Caso um computador acesse um desses endereços maliciosos, é exibida apenas uma mensagem de erro de “não encontrado”, explicou a Lookout. 

Depois que o malware é baixado, o dispositivo irá perguntar ao usuário se ele deseja instalar a aplicação, todavia, para que esse processo seja concluído, é preciso que a opção “unknow sources” (fontes desconhecidas) do Android esteja habilitada no aparelho, afirmou a empresa. Caso não esteja, apenas aplicativos da Google Play (antiga Android Market) poderão ser instalados do equipamento. 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site