Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Para especialista, novo plano de segurança do Facebook pode ser ‘tiro no pé’
Para especialista, novo plano de segurança do Facebook pode ser ‘tiro no pé’
Home > Internet

Para especialista, novo plano de segurança do Facebook pode ser ‘tiro no pé’

Segundo Ricardo Becker, iniciativa anunciada na última semana pode afetar negativamente as finanças e os negócios da rede social

Da Redação

12/03/2019 às 16h00

Foto: Shutterstock

Na última semana, o CEO do Facebook, Mark Zuclerberg, anunciou que a rede social passará a ter um foco maior em privacidade no futuro, em vez do compartilhamento público de conteúdos. A promessa foi feita juntamente com a confirmação da integração entre os três principais serviços de mensagens da empresa: Facebook Messenger, WhatsApp e Instagram Direct.

“Enquanto penso no futuro da Internet, acredito que uma plataforma de comunicação focada em privacidade será ainda mais importante dos que as plataformas abertas de hoje em dia. A privacidade dá às pessoas a liberdade de serem elas mesmas e se conectarem mais naturalmente, que é a razão pela qual construímos redes sociais”, afirma o executivo em um novo (e longo) texto publicado no blog da companhia.

Para o especialista em Continuidade de Negócios e Recuperação de Desastres e CEO do Grupo Becker, Ricardo Becker, entanto, a iniciativa do Facebook, anunciada após escândalos de privacidade recentes, pode acabar sendo um “tiro no pé”, uma vez que pode ter um efeito negativo nos negócios da companhia.

“O que o Zuckerberg anunciou não terá, na minha visão, um resultado positivo. Ele sugeriu implementar criptografia também no armazenamento de dados. Se realmente fizer isso, o modelo atual de negócios do Facebook desaba, pois eles vendem justamente informações mineradas acessando dados dos usuários para gerar anúncios publicitários e conteúdo direcionados ao perfil de interesse e consumo de cada usuário”, afirma Becker.

Segundo o especialista, as mudanças previstas por Zuckerberg podem ainda gerar uma cadeia de reações negativas em relação a investimentos e publicidade e links patrocinados no Facebook, o que poderia prejudicar as finanças da rede social.

“Acredito que ele tenha feito o anúncio apenas como forma de dizer que a empresa está comprometida com a privacidade dos dados de usuários. Para acalmar usuários, para acalmar o mercado. Mas não irá colocar tal ação em prática sem antes construir um novo modelo de negócios, alinhado com a mesma rentabilidade que o Facebook tem hoje, ou ainda maior.”

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site