Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Novo golpe no WhatsApp promete camisa da seleção brasileira de futebol
Novo golpe no WhatsApp promete camisa da seleção brasileira de futebol
Home > Internet

Novo golpe no WhatsApp promete camisa da seleção brasileira de futebol

Segundo Kaspersky Lab, golpe leva vítimas a instalarem apps maliciosos em seus smartphones e a compartilhar campanha maliciosa com lista de contatos

Da Redação

28/05/2018 às 12h33

WhatsApp-Tela.jpg
Foto:

Uma nova promoção via WhatsApp promete uma suposta camisa da seleção brasileira de futebol. Entretanto, segundo alerta da Kaspersky Lab, trata-se de um novo golpe orquestrado por cibercriminosos cujo domínios estão hospedados na Rússia.

A mensagem entregue via aplicativo informa ao usuário que a Nike estaria comemorando 22 anos vestindo a seleção e, por isso, estaria oferecendo uma camisa oficial como brinde. Para conseguir a camiseta, o usuário precisaria ainda compartilhar a mensagem recebida com sua lista de contatos - ajudando a escalar a campanha dos hackers.

 

golpe-whats

Segundo a Kaspersky, o golpe tem implicações distintas para Android e iPhone. Isso porque no primeiro caso, o usuário é levado a instalar um aplicativo malicioso que infecta o smartphone com um malware chamado Adware:AndroidOS.Dnotua. Para ganharem dinheiro, os hackers fazem uso de propaganda agressiva nos apps. Já no segundo caso, o usuário é levado a instalar aplicativos que estão na App Store, algo que pode mascarar suspeitas por estarem na loja oficial da Apple. Cada vez que os apps são instalados, ainda que não façam mal ao smartphone, os hackers ganham dinheiro por terem viabilizado o download.

A Kaspersky reporta que o golpe está ligado ao Leste Europeu, já que os domínios aos quais os usuários são direcionados estão hospedados na Rússia.

A companhia aconselha aqueles que forem vítimas do golpe a desinstalerem os apps suspeitos ou ainda realizar a restauração total do smartphone, mas não sem antes realizar o backup dos dados.

 

 

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site