Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Netflix entra para a principal associação de estúdios de cinema do mundo
Netflix entra para a principal associação de estúdios de cinema do mundo
Home > Internet

Netflix entra para a principal associação de estúdios de cinema do mundo

É a primeira vez que um serviço de streaming entra para o poderoso Motion Picture Association of America

Da Redação

23/01/2019 às 18h39

Foto: Shutterstock

Legenda:

A Netflix se tornou o primeiro serviço de streaming a entrar para o MPAA (Motion Picture Association of America), poderoso grupo de lobby de Hollywood que representa os estúdios de cinema.

A associação, que existe há 97 anos, representa seis grandes estúdios de Hollywood, todos aprovaram a entrada da Netflix como nova integrante. É um feito inédito também para a própria MPAA, já que é a primeira vez que uma empresa que não é, tradicionalmente, um estúdio de cinema passa a integrar a associação. Ao mesmo tempo, é um grande trunfo para Netflix que é reconhecida pelos seus esforços e investimentos em produção de conteúdo original. Vale lembrar que nessa terça-feira (22), o filme "Roma", exclusivo da Netflix, foi indicado a 10 Oscars, incluindo para Melhor Filme e Melhor Direção.

“Em nome da MPAA e de suas empresas associadas, tenho o prazer de dar as boas-vindas à Netflix como parceira”, disse Charlie Rivkin, CEO da MPAA, em comunicado. “Todos os nossos membros estão empenhados em impulsionar a indústria cinematográfica e televisiva, tanto na forma como contamos histórias e como atingimos o público. Adicionar a Netflix nos permitirá defender de forma mais eficaz a comunidade global de contadores de histórias, e estou ansioso para ver o que todos podemos alcançar juntos. ”

Historicamente, a MPAA tem tradição por cobrar proteções mais fortes de direitos autorais, que muitas vezes a distanciou do Vale do Silício. Em 2011, o MPAA apoiou a aprovação de legislação como o Stop Online Piracy Act (SOPA) e o PROTECT IP ACT (PIPA), ambos eram alvos de ativismo online e não foram adotados pela lei dos EUA. Ao aprovar a entrada da Netflix na associação, a MPAA sugere estar mais aberta às novas mídias.

 

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site