Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Microsoft revela que hackers tiveram acesso a contas do Outlook durante meses
Microsoft revela que hackers tiveram acesso a contas do Outlook durante meses
Home > Internet

Microsoft revela que hackers tiveram acesso a contas do Outlook durante meses

Invasores acessaram contas de usuários entre 1 de janeiro e 28 de março de 2019. Empresa recomenda que usuários redefinam suas senhas

Da Redação

15/04/2019 às 13h17

Foto: Shutterstock

A Microsoft está notificando usuários do Outlook.com sobre a invasão de algumas contas ao longo dos últimos meses. A empresa de tecnologia descobriu que as credenciais de acesso do serviço de e-mail de um agente do time de suporte foram comprometidas, levando hackers a obterem acesso não autorizado de algumas contas entre 1 de janeiro e 28 de março de 2019.

A companhia esclarece que os hackers tiveram contato apenas com endereços de e-mail, nomes de pastas e linhas de assunto e-mails, mas não com o conteúdo de e-mails ou anexos. Além disso, enfatiza que os invasores não conseguiram roubar dados de login ou outras informações pessoais, mas, por precaução, recomenda que os usuários atingidos redefinam suas senhas.

"Nossos dados indicam que as informações relacionadas à conta (mas não o conteúdo de qualquer e-mail) poderiam ter sido visualizadas, mas a Microsoft não tem nenhuma indicação de por que essas informações foram visualizadas ou como elas foram usadas", relatou a Microsoft aos usuários afetados.

A empresa ainda lamentou os inconvenientes causado pelo problema. "Tenha certeza de que a Microsoft leva a proteção de dados muito a sério e envolveu suas equipes internas de segurança e privacidade na investigação e resolução do problema, bem como o fortalecimento adicional de sistemas e processos para evitar tal recorrência".

O incidente de segurança ocorre semanas depois que um ex-pesquisador de segurança assumiu a culpa por invadir servidores da Microsoft e da Nintendo. No ataque realizado em 2017, foram violados servidores de desenvolvimento do Windows, permitindo que hackers em toda a Europa acessassem versões de pré-lançamento do Windows. De acordo com a Microsoft, a violação comprometeu um número limitado de usuários e o problema já foi resolvido.

IDG Now! agora é itmidiacom. Para ler mais notícias, acesse

 

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site