Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Instituição de Zuckerberg doa US$ 68 milhões para pesquisa em saúde
Instituição de Zuckerberg doa US$ 68 milhões para pesquisa em saúde
Home > Inovação

Instituição de Zuckerberg doa US$ 68 milhões para pesquisa em saúde

Com apoio da entidade filantrópica de Zuckerberg e sua esposa, projeto Human Cell Atlas conseguirá ampliar escopo de sua pesquisa

Da Redação

25/06/2019 às 20h02

Foto: Shutterstock

A iniciativa de Mark Zuckerberg em conjunto com sua esposa, Priscilla Chan, a Chan Zuckerberg Institute, contribuiu com 68 milhões de dólares para o Human Cell Atlas, uma ação colaborativa que trabalha para mapear e caracterizar todas as células existentes em um corpo humano saudável.

A expectativa é que ao saber como células saudáveis funcionam, pesquisadores conseguirão entender como doenças acontecem e de que forma acometem as diferentes partes do corpo humano. Tal compreensão nos leva a outra fase importante do processo: tratamento e cura.

Visando dar a todos os pesquisadores e cientistas a oportunidade de ter em mãos um recurso tão importante para o desenvolvimento de diversos tipos de estudo, os resultados do trabalho serão disponibilizados gratuitamente em alguns anos, graças ao software e aos conjuntos de dados de código aberto da CZI.

A Chan Zuckerberg já vinha apoiando o HCA e havia dito que, com o dinheiro, ajudaria os 38 times de ciência que fazem parte do HCA há três anos e, também, outros 85 projetos mais recentes que seguem a mesma linha. Porém, o processo de subsídios demanda certa burocracia, visto que tudo tem que ser aprovado, estimado e organizado de antemão, por isso, até então, apenas os 38 projetos mais antigos estão sendo apoiados.

De qualquer forma, o valor de US$ 68 milhões mostra o tamanho do envolvimento entre a CZI e o HCA e os limites, bastante amplos, do escopo de trabalho que têm pela frente. "Estamos empolgados por apoiar ainda mais e construir colaborações interdisciplinares que acelerarão o progresso em direção a um primeiro rascunho do Human Cell Atlas", disse Cori Bargmann, diretor de ciência da CZI.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site