Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Instagram promete bloquear hashtags que reúnem fake news sobre vacinas
Instagram promete bloquear hashtags que reúnem fake news sobre vacinas
Home > Internet

Instagram promete bloquear hashtags que reúnem fake news sobre vacinas

Rede social usará machine learning para identificar posts e termos que estão associados a uma 'alta proporção' de desinformação

Da Redação

10/05/2019 às 11h24

Foto: Shutterstock

Em seus esforços para barrar fake news, o Instagram anunciou nesta semana que vai passar a esconder os resultados de busca por hashtags que colecionam informações falsas sobre vacinas. O anúncio foi focado no mercado norte-americano e, por enquanto, a rede social não informou quando o mesmo acontecerá em países de outros idiomas.

O Instagram, que é de propriedade do Facebook, afirmou que irá rever as postagens que são removidas sob políticas de desinformação e irá usar machine learning para entender quais são as hashtags associadas a elas. Caso uma hashtag "vacina123" tiver alta proporção de desinformação, ela será bloqueada completamente. Outra ação neste sentido é que a plataforma elabora uma espécie de mensagem pop-up para pessoas que buscam informações sobre vacinas na rede social, apresentando informações idôneas sobre o assunto.

A viralização de notícias falsas sobre vacinas não é algo exclusivo dos Estados Unidos. O Facebook tem sido cobrado em diferentes mercados sobre sua responsabilidade de filtrar a desinformação, incluindo propagandas anti-vacina em suas plataformas. A forma como a rede social opera, com algoritmos de recomendação, acabam ajudando a criar audiências massivas para boatos.

O Facebook anunciou que reprimiria tais conteúdos há cerca de dois meses, mas fake news sobre o tema ainda rondam a espreita das timelines.

Em setembro do ano passado, o Governo brasileiro iniciou uma campanha digital para combater mentiras a respeito das vacinas oferecidas na rede pública. Entre as fake news, destacavam-se, por exemplo, informações de que as imunizações eram desnecessárias.

No Brasil, é possível checar boatos por meio de um canal de Whatsapp exclusivo, chamado “Saúde sem Fake News”. Nele, é possível consultar se determinadas informações que são repassadas em grupos são verdadeiras ou falsas pelo número (61) 99289-4640.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio