Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
‘Herói’ do WannaCry se livra da prisão em caso de malware bancário
‘Herói’ do WannaCry se livra da prisão em caso de malware bancário
Home > Internet

‘Herói’ do WannaCry se livra da prisão em caso de malware bancário

Pesquisador de segurança Marcus Hutchins recebeu um ano de liberdade supervisionada

Da Redação

29/07/2019 às 16h00

Foto: Shutterstock

Marcus Hutchins, pesquisador de segurança da informação que ficou conhecido por ajudar a parar a disseminação do vírus WannaCry em 2017, se livrou da prisão ao receber no último dia 26, sexta-feira, nos Estados Unidos, sentença que concedeu a ele um ano de liberdade supervisionada.

Em agosto de 2017, depois de participar de uma conferência de segurança em Las Vegas, a polícia local prendeu Hutchins no aeroporto quando ele tentava voltar para casa no Reino Unido.

O jovem pesquisador, hoje com 25 anos, ficou conhecido na ocasião quando descobriu uma forma de conter o WannaCry, tida como a maior infecção de ransomware da história. Este ataque conseguiu afetar mais de 200 mil sistemas em 150 países. A montadora Renault teve de fechar sua maior fábrica na França e os hospitais do Reino Unido tiveram que rejeitar pacientes. Já no Brasil, o ataque causou a interrupção do atendimento do INSS, instituto responsável pelo pagamento da aposentadoria e demais benefícios aos trabalhadores brasileiros, além de afetar empresas e órgãos públicos de 14 estados brasileiros mais o Distrito Federal.

Entretanto, o breve título de herói do WannaCry foi comprometido quando uma investigação do FBI e promotores nos EUA acusaram o pesquisador de desenvolvedor um malware, chamado Kronos, para roubar credenciais bancárias e dados de cartões de crédito. Hutchins declarou-se culpado em duas acusações relacionadas ao desenvolvimento do Kronos, além de ajudar e encorajar sua distribuição. Na época, em um comunicado, disse ter se arrependido.

De acordo com o ZDNet, Hutchins, no entanto, escapou da prisão pois o juiz do caso descreveu que há “muitos positivos do outro lado da balança” referindo-se ao trabalho do pesquisador em parar a disseminação do WannaCry.

 

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site