Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Há muitos sensores na visão de futuro apresentada pela Intel
Há muitos sensores na visão de futuro apresentada pela Intel
Home > Inovação

Há muitos sensores na visão de futuro apresentada pela Intel

Vinte demonstrações inéditas no Brasil contemplam inovações recentes da empresa em variados campos, como transporte, IoT e até soluções para o usuário final

Da Redação

04/11/2015 às 14h56

inteldrone_625.jpg
Foto:

Os sensores estão entre nós. E junto com a miniaturização dos processadores, eles começam a permitir mudanças significativas na interação homem-máquina ou máquina-máquina. Tecnologias já em uso no dia a dia de muitos consumidores finais e muitas empresas mundo afora são as estrelas da Innovation Week, maior evento da Intel no Brasil para o ecossistema da companhia (fabricantes de componentes, OEMs, varejo, IT decision makers, ISVs, desenvolvedores e imprensa), que acontece em São Paulo.

Durante dois dias - 4/11 para imprensa e convidados e 5/11 para o público em geral - a Intel apresenta, na área Future Showcase, 20 demonstrações inéditas no mercado brasileiro que contemplam inovações recentes da empresa nos mais variados campos. 

Maximizar o potencial de aparelhos já presentes no mercado, como os dispositivos NUC; levar a mobilidade computacional a um nível completamente novo; digitalizar e aperfeiçoar o trabalho manual; usar a tecnologia para garantir a segurança de seu filho recém-nascido e conectar toda a sua casa na internet são apenas algumas das soluções baseadas nos processadores da empresa, combinados com tecnologias como o padrão SoC (System on Chip, materializado no Quark), o padrão de conexão sem fio 802.11ad (WiGig), o IoT Gateways Solutions, as câmeras RealSense, etc.

IoT na prática
Entre os destaques no segmento de Internet das Coisas estão três soluções que demostram o conceito na prática, baseadas na tecnologia IoT Gateways Solutions. Uma delas é a Automated Greenhouse Climate Control,  construída ao redor de diferentes sistemas, dependendo o mínimo possível de intervenção humana.  O Edge Analytics permite um controle de clima autônomo dentro da estufa. Este controle se baseia – além do tipo de planta – nos resultados obtidos pelo Cloud Analytic, que traz informações em tempo real. Esta “conversa” entre os sistemas é feita pela Secure API, que processa e compartilha os dados obtidos. Todo o gerenciamento desta estrutura poderá ser feito de forma remota pelo produtor, de qualquer lugar em que ele estiver. O objetivo é maximizar o ganho de produtores através do monitoramento e ajuste da temperatura por meio da análise em tempo real do clima,e acordo com o tipo de plantação que está sendo mantida dentro dela, eliminando a necessidade de serviços adicionais, diminuindo consideravelmente os custos para o produtor.

Greenhouseintel

A segunda demo, que será apresentada nesta quinta-feira, 5/11, será na área de transporte, com a Telematic & Fleet Management. Por meio de um software instalado em caminhões é possível ir além do monitoramento de posição e velocidade do veículo, tornando viável um diagnóstico completo das condições da frota de caminhões, independente das localizações. Dados como emissão de gases e desgaste de peças serão enviados para a central, permitindo uma manutenção preventiva de todo o equipamento. Além disto, o sistema permite monitorar o cansaço do motorista por meio de dados sobre a sua condução, o que pode diminuir não apenas gastos, mas também o risco de acidentes, contribuindo para uma maior segurança de todos em rodovias. A Secure API  é responsável pela coleta, troca e compartilhamento de dados entre a frota de caminhões e a central.

A terceira é a plataforma Yoga Smart Home para casas inteligentes, que se conecta a praticamente tudo: detectores de segurança com ou sem fios, câmeras, termômetros, tomadas e lâmpadas inteligentes, sistemas de entretenimento, travas e eletrodomésticos. A Yoga Smart Home permite que os usuários gerenciem esses itens de qualquer lugar, com qualquer dispositivo conectado à internet. Recursos como reconhecimento de localização e serviços em nuvem fornecem uma experiência única.

Entretenimento
Além das novidades em Internet das Coisas, o Future Showcase mostra qual é o futuro do entretenimento digital. As ferramentas que farão parte dos games nos próximos anos, os próximos passos das tecnologias mobile que já são parte integrante de nossas vidas, simuladores mais reais e recursos de digitalização de formas reais em modelos 3D são apenas algumas das novidades presente no evento, fruto de parcerias da Intel com diversas empresas - de diferentes países, ramos e tamanhos - tendo sempre como foco a experiência do usuário final.

Uma das demos disponíveis no Future Showcase para o lazer do consumidor finla é o Nevermind, jogo da Flying Molusk que leva o jogador para mundos escuros e surreais dentro das mentes de vítimas de traumas. Por meio da tecnologia RealSense, o jogo monitora os batimentos cardíacos do jogador, sente seu medo e aumenta o grau de dificuldade  a medida que os batimentos aumentam. 

Já a 3DMe, da 3D Systems permite ao jogador se transformar no personagem digitalizando o seu rosto em 3D e aplicando-o a uma variedade de modelos. O 3DMe utiliza a câmera Intel RealSense e a tecnologia de digitalização 3D dos dispositivos para criar modelos que podem ser usados nos jogos de aventura, compartilhados nas mídias sociais ou materializados com uma impressora 3D.

Combinando o simulador de direção ultrarrealista iRacing com a tecnologia Intel RealSense, a Intel fornece uma plataforma de jogos altamente envolvente. A funcionalidade de monitorar o movimento da cabeça é habilitada por um plugin para opentrack, uma plataforma de rastreamento que suporta mais de 500 títulos de jogos e agora permite que os usuários da câmera RealSense (foto) naveguem em seus simuladores de direção e voo com o rastreamento dos movimentos da cabeça em tempo real. O plugin estará disponível para os jogadores ainda este ano.

Realsense

Quem for ao Show case poderá ver  em funcionamento também o ItSeez3D,  app de scanner 3D móvel que permite que os usuários capturem informações de cor e estrutura das coisas e as processem em modelos realísticos em 3D. À medida que a impressão em 3D torna os processos de manufatura e criação de protótipos mais acessíveis ao usuário, o ItSeez3D faz o mesmo ao democratizar a impressão dos modelos 3D, melhorando a conveniência do design e renderização em 3D. A Tecnologia RealSense da Intel em tablets e smartphones, acompanhada do software ItSeez3D abre um novo mundo de oportunidades de digitalização 3D para uma ampla gama de indústrias - de jogos, saúde, manufatura e muito mais.

Outra demo inédita no Brasil é o smartphone com RealSense desenvolvido em parceria com o Google. O Smartphone Intel RealSense com o Projeto Tango do Google habilita novas experiências, incluindo navegação interna e aprendizado da área, jogos de realidade virtual, digitalização 3D e mais. O kit para desenvolvedores Intel RealSense com suporte para o Projeto Tango deverá chegar aos desenvolvedores Android selecionados até o final deste ano.

Produtividade
Entre as demos presentes no Future Showcase estão também soluções para questões cotidianas, como a Wireless Docking, que interliga o notebook com o monitor (ou a TV), teclado e mouse, sem a necessidade de se conectar uma infinidade de cabos, graças ao uso da tecnologia 802.11ad (WiGig). Monitor ou TV se conectam ao cubo diminuto da dock station através de um cabo HDMI. Todos os demais aparelhos se conectam a ela através da conexão wireless. 

Para quem precisa estar a mais do que poucos centímetros do monitor, ou da TV, a solução em demonstração é a do Wireless Display.  É possível inclusive compartilhar a tela remotamente, através de uma VPN, graças à tecnologia WiDi e Widi Pro e à solução de colaboração Unite. A tela da TV ou monitor pode ser compartilhada por até 4 dispositivos, parte deles remotos, se houver necessidade.

Outra tecnologia interessante é a do Compute Stick, já com versões Windows 8.1 e 10 ou Ubuntu 14.04 LTS.  A versão com Windows inclui 2GB de memória, 32 GB de armazenamento on-board e vem com o McAfee Antivirus Plus para uma proteção abrangente contra Trojans, vírus e spyware, entre outros. A versão com Ubuntu tem 1 GB de memória e 8 GB de armazenamento on-board. Ambos os dispositivos vêm com WiFi e Bluetooth para conectividade, uma porta USB para a conexão de periféricos e um leitor de cartão micro SD para armazenamento adicional.

A eles se junta o Remote Keyboard, que permite o uso de um dispositivo móvel (como um smartphone ou tablet) para controlar o seu Compute Stoick, ou até mesmo o NUC, via WiFi. Funciona por meio da conexão wireless de um dispositivo móvel, utilizando a tecnologia USB-over-IP.  Aplicativos e jogos para PC desenvolvidos para utilizá-lo podem ser controlados usando a tela dinâmica sensível ao toque e os sensores de movimento que reconhecem os gestos.

Por fim destaque para a ProGlove, a luva inteligente baseada no Edson. Ela permite que funcionários em produção, manufatura e logística trabalhem mais rapidamente, com mais segurança e de forma mais eficiente ao integrar uma gama de tecnologias de sensores combinados com varredura e conectividade wireless. Entre os potenciais casos de uso estão a varredura automatizada de produtos sem o uso das mãos, o monitoramento e treinamento de sequências do fluxo de trabalho, identificação de ferramentas e peças para evitar o uso incorreto e 100% de documentação de produtos e processos. A ProGlove venceu o 3º prêmio do primeiro desafio Intel Make It Wearable.

Saúde e segurança
Por fim, vale destacar  a apresentação da Tecnologia de Ascensão Firefly Drone, que combinada com a RealSense permite a drones e automóveis serem capazes de andar sem sustos em terrenos complexos. 

Com a ajuda de múltiplas câmeras Intel RealSense de longo alcance, os drones apresentados pela AscTec na CES 2015,  têm acesso a mapas de profundidade ambiental de 360 graus, permitindo que “enxerguem” e desviem de obstáculos. A Intel espera levar capacidades similares para drones e dos automóveis a todos os lugares, habilitando a criação de dispositivos mais inteligentes e seguros.

Uma tala inteligente, projetada em 3D, também está em demonstração. Projeto de pesquisa premiado,  a tala inteligente ajuda os médicos a administrem remédios e forneçam tratamentos sem ter que remover a tala. Ela usa o Edison para poder monitorar o progresso da paralisia cerebral no antebraço do paciente. A Intel integrou com sucesso um sensor de pressão e todos os periféricos eletrônicos necessários em torno do módulo Intel Edison, a fim de habilitar o monitoramento wireless de alterações na pressão em torno do pulso – tudo em tempo real.

E ainda em protótipo, vale conferir também o Smart Clip para crianças e bebês. Equipada com o processador Quark, o equipamento conta com um acelerômetro capaz de monitorar a temperatura e, ainda mais importante, ajuda a garantir que você não esqueça crianças no carro. Quando o clip é conectado, ele se comunica com o app até que o smartphone e o clip estejam fora do alcance um do outro. Quando isto acontece, alertas visuais e sonoros tocam automaticamente.

O objetivo da Intel é que parceiros brasileiros se animem a oferecer alguns desses produtos no Brasil, seja através de fabricação própria, seja através de importação. Cruzem os dedos!

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site