Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
GPS super potente da Nasa vai à orbita ainda neste mês
GPS super potente da Nasa vai à orbita ainda neste mês
Home > Inovação

GPS super potente da Nasa vai à orbita ainda neste mês

Expectativa é que aparelho ajude naves autônomas a se locomoverem no espaço. Invenção é 50 vezes mais eficiente que um GPS normal

Da Redação

19/06/2019 às 18h25

Foto: Shutterstock

A Nasa espera lançar no dia 24 de junho o que chamou de Relógio Atômico do Espaço Profundo (Deep Space Atomic Clock). O aparelho é do tamanho de uma torradeira e funciona como um GPS super potente e vai para o espaço ficar em órbita junto com outros aparelhos militares do governo americano.

Foram duas décadas de estudo e desenvolvimento do Relógio Atômico que chegará ao espaço com a ajuda de um foguete Falcon Heavy da SpaceX. Os cientistas do Jet Propulsion Laboratory (NASA-JPL) garantem que a invenção é 50 vezes mais eficiente que um GPS normal e só desliga uma vez a cada 10 milhões de anos, por um segundo.

No momento, as espaçonaves contam com um sistema bidirecional que recebe e envia sinais para relógios atômicos na Terra para descobrir onde está e para onde deve ir.

Esse processo pode levar de minutos a horas, tudo depende da distância entre a espaçonave e o planeta Terra. Por esse motivo que a Nasa investiu por mais de duas décadas no Relógio Atômico que permitirá que astronautas saibam onde estão e mudem os cursos rapidamente, além de facilitar na locomoção de naves autônomas.

O equipamento foi projetado para calcular sua localização e rota usando apenas sinais que recebe da Terra, nesse caso a vantagem é que ele não precisa devolver os sinais.

Essa tecnologia pode ser usada para mapear outros planetas como Marte, além de melhorar a qualidade dos GPS usados na Terra. Nesse primeiro momento o relógio que vai é um teste que ficará no espaço por um ano para estudos de órbita, se tudo ocorrer bem, será usado em missões já em 2030.

A Nasa vai fazer uma livestream junto com a SpaceX do GPS saindo da terra no dia 24 de junho.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site