Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Google compra Metaweb para responder a pesquisas complexas
Google compra Metaweb para responder a pesquisas complexas
Home >

Google compra Metaweb para responder a pesquisas complexas

Entre os ativos que passam às mãos da gigante está o Freebase, um banco de dados com 12 milhões de itens que era usado até pela Microsoft.

Redação do IDG Now!

16/07/2010 às 19h31

Foto:

A Google anunciou nesta sexta-feira (16/7), em seu blog, a compra da Metaweb, empresa que mantém um banco de dados sobre "coisas do mundo" - informações que são oferecidas a operadores de sites web para que agreguem conteúdo sobre tópicos específicos.

O custo da aquisição não foi revelado. No balanço divulgado ao mercado em 15/7, a Google disse ter 30,1 bilhões de dólares em caixa e títulos de curto prazo em 30/6.

Após o anúncio da negociação, a Metaweb informou que continuará a oferecer apoio aos clientes atuais, porém não aceitará novos clientes durante o período de integração com a Google. Entre os clientes da Metaweb está a Microsoft, que utiliza seus produtos para fornecer Respostas Instantâneas por meio do site de buscas Bing.

Em mensagem no blog da empresa, o diretor de gestão de produtos Jack Menzel explica o interesse da Google pela Metaweb: "A web não é apenas palavras - é informação sobre coisas do mundo real. E compreender as relações entre as entidades do mundo real pode nos ajudar a entregar informação relevante mais rapidamente".

A empresa diz ter comprado a Metaweb para que, com sua tecnologia, seja possível encontrar respostas a pesquisas mais elaboradas, como "Quais são os atores com mais de 40 anos que ganharam pelo menos um Oscar?".

O interesse da Google pela empresa foi motivado também pelo Freebase, um banco de dados aberto que reúne informações sobre 12 milhões de "coisas", como filmes, livros, programas de TV, celebridades, locais, empresas e outros itens. Segundo Menzel, da Google, a ideia é manter esse banco de dados livre e aberto. "E melhor ainda: queremos contribuir com o Freebase e seria maravilhoso se outras empresas de Internet pudesse usá-lo e contribuir com mais dados", enfatiza.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio