Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Google cede mercado para Microsoft e Yahoo em buscas, aponta comScore
Google cede mercado para Microsoft e Yahoo em buscas, aponta comScore
Home > Internet

Google cede mercado para Microsoft e Yahoo em buscas, aponta comScore

Líder perdeu 0,4 ponto porcentual em agosto nos EUA; somadas, as concorrentes Microsoft e Yahoo conquistaram fatia equivalente.

Redação do IDG Now!

16/09/2010 às 18h34

Foto:

Os sites da Google cederam 0,4 ponto porcentual de sua fatia de mercado aos concorrentes Yahoo e Microsoft em agosto, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (16/9) pela empresa de métricas comScore.

Na terça-feira (14/9), a empresa de pesquisas Nielsen indicou que o serviço de buscas Bing, da Microsoft, havia ultrapassado o Yahoo em buscas na web em agosto. A empresa afirmou que, para a medição, só levou em conta as buscas realizadas mediante o uso da caixa de pesquisas dos serviços, deixando de fora as buscas contextuais.

Na comparação com julho, os sites da Google perderam 0,4 ponto porcentual, encerrando agosto com 65,4% de todas as buscas explícitas (feitas com engajamento do usuário, com a intenção de obter resultados) realizadas nos Estados Unidos. No ranking, a Google permanece na primeira colocação.

Os sites da Yahoo!, por sua vez, ganharam 0,3 ponto porcentual de participação no mercado, atendendo a 17,4% das buscas feitas em agosto nos EUA. Em terceiro lugar, a Microsoft atendeu a 11,1% das buscas por meio de seus sites - um aumento de 0,1 ponto porcentual em relação a julho.

Segundo a comScore, 15,7 bilhões de buscas explícitas foram realizadas em agosto nos EUA. O número representa um aumento de 1% em relação ao total apurado em julho.

Os números de buscas explíticas apontados pela comScore não incluem as buscas contextuais, que em alguns casos podem inflar artificialmente as estatísticas, segundo a empresa. É o caso da visualização de fotos na web em modo slideshow, por exemplo, que poderia ser contada como uma ocorrência de várias buscas.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site