Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Google ajusta Buzz para aumentar controle sobre privacidade
Google ajusta Buzz para aumentar controle sobre privacidade
Home > Internet

Google ajusta Buzz para aumentar controle sobre privacidade

Entre as mudanças aplicadas estão controles mais fáceis para bloqueio de seguidores e a opção de não divulgar seus contatos pela rede.

Computerworld/EUA

12/02/2010 às 17h43

Foto:

Apenas dois dias depois de lançar a rede de ferramentas para rede social Buzz, o Google fez alguns ajustes na tecnologia, a maioria em resposta a criticas sobre privacidade.

Conforme revelado pelo Google em seu blog na noite de quinta-feira (11/2), as atualizações tornam mais fácil para os usuários bloquear o acesso a suas páginas, e deixam mais visíveis duas funções relacionadas a privacidade.

“Nós recebemos inúmeros pedidos de melhorias, e alguns feedbacks diretos”, escreveu o gerente de produto para Gmail e Google Buzz, Todd Jackson, no blog da empresa. “Em particular, algumas pessoas têm manifestado preocupação com o fato de que seus contatos se tornaram públicos sem seu conhecimento (em particular, a lista das pessoas que eles seguem, e as pessoas que as estão seguindo). Além disso, ouros sentiram ter pouquíssimo controle sobre quem poderia segui-los e ficaram aborrecidos com a ausência de um recurso para bloquear pessoas que não tinham perfis públicos e mesmo assim as estavam seguindo.”

Concentrador de redes
Nesta semana, o Google entrou no campo das redes sociais com o anúncio de novos recursos do Gmail projetados para fazer do serviço um concentrador de redes sociais. O Google Buzz é a tentativa da empresa de captar a enxurrada de mensagens, fotos e vídeo publicados nessas redes, fazendo com que fique mais fácil acompanhar as atualizações e pesquisar informações relevantes.

Os usuários começaram a expressar suas preocupações sobre a complexidade das configurações de privacidade quase que imediatamente após o lançamento do Buzz, na terça-feira (9/2). Alguns usuários também reclamaram de que os usuários do Buzz poderiam ver os destinatários de suas mensagens de e-mail.

Jackson disse que, para responder a essas preocupações, o Google trabalhou de forma acelerada para acertar o Buzz.

No blog, Jackson explica o que mudou no serviço. Agora, os usuários podem optar por não divulgar publicamente a lista de pessoas que seguem, bem como as pessoas que as estão seguindo. “Nós estamos tornando esta opção mais visível no processo de configuração, para assegurar que todos que quiserem esconder essas listas possam fazê-lo mais facilmente”, escreveu Jackson.

O Google também acrescentou mais links “Block” à lista dos seguidores de um usuário. “Antes, você só seria capaz de bloquear uma pessoa depois que ela tivesse criado um perfil público”, disse Jackson. “Agora você pode bloquear qualquer um, independentemente de ela ter criado ou não um perfil.”

Em outro ajuste, a empresa permitiu aos usuários ver quem está em sua lista pública de seguidores.

“Nós projetamos o Buzz para tornar mais fácil a conexão com outros e manter diálogos sobre coisas que interessam, e é ótimo ver que milhões de pessoas já fazem isso”, escreveu Jackson. “Ainda é cedo, e temos uma extensa lista de melhorias à frente. Queremos ouvir mais sugestões e continuaremos a melhorar a experiência do Buzz tendo sempre em mente o controle e a transparência ao usuário.”

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site