Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Fundo do Vale do Silício lança plataforma para investir em startups brasileiras
Fundo do Vale do Silício lança plataforma para investir em startups brasileiras
Home > Inovação

Fundo do Vale do Silício lança plataforma para investir em startups brasileiras

Serviço de 'Capital-as-a-Service' busca investir de US$ 50 mil a US$ 250 mil em startups do tipo early stage

Da Redação

01/08/2018 às 14h15

investimento-ilustracao.jpg
Foto:

O fundo de venture capital Social Capital, do Vale do Silício, anunciou nesta quarta-feira (01/08) a abertura de sua plataforma de Capital-as-a-Service (CaaS) para startups brasileiras do tipo early stage que buscam investimento e insights para seus negócios.

O serviço propõe investimentos de capital de risco baseados na análise de dados e tem o Brasil como o primeiro país a inaugurar a versão aberta ao público. A versão beta da plataforma foi lançada inicialmente em 2017. Segundo a empresa, os investimentos ficarão entre US$ 50 mil e US$ 250 mil. O fundo também busca oportunidades para co-investir, da mesa forma pode liderar rodadas de investimentos.

A plataforma de CaaS utiliza análise de dados e machine learning para avaliar as startups e identificar, de forma semi-automatizada, aquelas com o melhor desempenho, as melhores soluções e mais potencial de crescimento. Fundada em 2011, a companhia por trás do serviço informa que a tecnologia foi projetada por profissionais vindos de empresas como Facebook, Dropbox e Survey Monkey, que se inspiraram em suas experiências para descobrir como o uso de software poderia democratizar o acesso a investimentos.

Como funciona

Startups brasileiras interessadas em captar investimento podem se cadastrar no site caas.socialcapital.com. Principais informações da empresa devem ser informadas, assim como o upload de dados transacionais, que será a chave para a análise das métricas do negócio. A candidata é convidada ainda a escrever um texto com elementos qualitativos como a missão e os valores da startup.

O Social Capital informa que a resposta chega dentro de poucos dias e, mesmo no caso de a startup não ser selecionada, o serviço oferece recomendações e benchmarks para apoiar a empresa em seu processo de evolução e, se a startup quiser tentar novamente, o fundo volta a avaliar as métricas e continua oferecendo análises de seus negócios. Tanto as selecionadas quanto as não selecionadas recebem a análise quantitativa completa aplicada pelo fundo na hora de avaliar os negócios, mostrando o desempenho da empresa com relação a métricas fundamentais do setor. 

A companhia leva em consideração startups cujas soluções contribuam socialmente, como startups dos setores de saúde, educação, serviços financeiros, tecnologias B2B e tecnologias emergentes, mas sua modalidade CaaS abrange qualquer empresa que utilize tecnologia para resolver problemas reais em mercados onde o acesso a investimentos é mais restrito.

Segundo a companhia, seu modelo em fase beta e privada avaliou mais de 5 mil empresas provenientes de 25 países e 6 continentes. - 70 delas receberam investimento. A empresa pretende continuar expandindo o CaaS globalmente depois que abrir seu produto para o público pela primeira vez no Brasil.

Por que o Brasil?

De acordo com Ashley Carroll, uma das sócias do Social Capital, o Brasil é o primeiro país do mundo a ter acesso à versão aberta ao público do produto de CaaS devido à quantidade de fundadores com boas ideias para solucionar problemas reais tanto local quanto globalmente e às lacunas identificadas pelo fundo quando se trata de startups early stage e na primeira rodada de investimentos.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site