Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Funcionários da Microsoft protestam contra acordo com exército dos EUA
Funcionários da Microsoft protestam contra acordo com exército dos EUA
Home > Internet

Funcionários da Microsoft protestam contra acordo com exército dos EUA

Anunciado no fim de 2018, contrato de US$480 milhões prevê uso do HoloLens em treinamentos e missões

Da Redação

25/02/2019 às 15h00

Foto: Shutterstock

Um grupo de funcionários da Microsoft iniciou uma campanha contra um contrato de 480 milhões de dólares que a empresa fechou com o exército dos EUA no final de 2018 para o fornecimento de headsets de Realidade Virtual (VR) e Aumentada (AR). As informações são do The Guardian.

Segundo o jornal britânico, até o momento mais de 50 profissionais da empresa de Redmond assinaram uma carta aberta sobre o assunto, que teve uma cópia publicada no Twitter no final de semana.

“Não nos inscrevemos para desenvolver armas, e exigimos uma palavra sobre como o nosso trabalho é utilizado”, afirma trecho do documento intitulado “HoloLens for Good, Now War” (“HoloLens para o Bem, Não para Guerra”, em tradução livre), em referência ao headset de realidade mista da companhia.

No texto, endereçado a dois executivos da Microsoft, o CEO Satya Nadella, e o presidente e diretor jurídico Brad Smith, os funcionários pedem o cancelamento do contrato com o exército, o fim do desenvolvimento de tecnologias para armas, a criação de uma política pública deixando tal comprometimento claro, além da criação de um conselho independente para supervisionar a aplicação desta política.

Posição Microsoft

Em resposta à campanha dos funcionários contra o acordo com o exército dos EUA, um porta-voz da Microsoft enviou o seguinte comunicado ao The Guardian: “Sempre apreciamos os comentários dos funcionários e temos muitas possibilidades para as vozes dos funcionários serem ouvidas.”

Acordo entre Microsoft e exército

Anunciado em novembro, o acordo prevê que a Microsoft fornecerá protótipos de realidade virtual para o uso em treinamentos e missões de combate, de forma que até 100 mil unidades de headsets HoloLens poderão vir a ser compradas pelo exército, aponta a agência.

Na descrição sobre o programa em questão, o governo norte-americano destaca que o objetivo do uso dessas tecnologias é “aumentar a letalidade ao melhorar a habilidade de detectar, decidir e engajar antes do inimigo”.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site