Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Facebook vai avisar se Cambridge Analytica teve acesso aos seus dados
Facebook vai avisar se Cambridge Analytica teve acesso aos seus dados
Home > Internet

Facebook vai avisar se Cambridge Analytica teve acesso aos seus dados

Rede social vai fixar no topo do feed um recado sobre os últimos acontecimentos

Da Redação

09/04/2018 às 15h23

FB-cadeado-.jpg
Foto:

Sabe-se que dados de cerca de 87 milhões de usuários possivelmente foram manipulados indevidamente pela Cambridge Analytica. Vale notar que o Brasil é o oitavo país com mais contas de usuários impactadas: 443 mil. E, certamente, você deve estar se perguntando se o seu perfil está entre eles. A partir desta segunda-feira (9), o Facebook informou que vai avisar aos usuários que tiveram seus dados relacionados ao escândalo no topo do feed.

A rede social vai fixar um link no topo do feed de notícias com um atalho para configurar aplicativos e sites em que usam dados de perfis. O alerta virá com o nome "protegendo suas informações". A página de destino permite que os usuários gerenciem todos os aplicativos de terceiros que usam o site para fazer login e que os usuários saibam se essas mesmas informações foram compartilhadas incorretamente com o Cambridge Analytica.

Facebook-protecao-dados-1

Facebook vai avisar a todos sobre Cambridge Analytica 

Uma segunda versão do alerta será exibida para os usuários que tiveram os seus dados explorados pela empresa britânica. Neste texto, o Facebook resume o que ocorreu, informando que a aplicação "This is your digital like", que já foi banida da plataforma, pediu autorização para coletar dados dos usuários, assim como os dos amigos deles também.

Porém, em vez de manter essas informações sob sigilo e proteção, compartilhou os dados com a Cambridge Analytica (CA). A CA usou esses dados para construir, a pedido da campanha de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos em 2016, algoritmos para prever o comportamento dos eleitores norte-americanos e traçar as suas estratégias.

O Facebook também fez uma série de mudanças na sua API sobre uso de dados em apps.

 

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site