Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Facebook teria deixado expostos milhões de telefones de usuários
Facebook teria deixado expostos milhões de telefones de usuários
Home > Internet

Facebook teria deixado expostos milhões de telefones de usuários

Dados foram encontrados por pesquisador de cibersegurança da GDI Foundation

Da Redação

06/09/2019 às 11h51

Foto: Shutterstock

Legenda:

Um servidor com mais de 419 milhões de registros de usuários do Facebook foi encontrados online. Segundo informações do TechCrunch, tais dados se referem especificamente a números de telefones dos usuários e seus respectivos nomes. Da base de dados, 133 milhões de dados são de usuários dos Estados Unidos. O servidor não estava protegido com uma senha, permitindo que qualquer pessoa pudesse ter acesso ao banco de dados.

O pesquisador Sanyam Jain, da GDI Foundation, foi responsável pela descoberta da vulnerabilidade. Entre os telefones estariam diversos números associados a celebridades. Entretanto, a descoberta não quer dizer que os números são atuais. Vale ressaltar que os números de telefone dos usuários deixaram de ser públicos há mais de um ano, desde que o Facebook restringiu o acesso ao número de telefone de usuários.

Jain procurou o TechCrunch depois de não ter conseguido encontrar o administrador dos servidores. O TechCrunch informa que entrou em contato com a hospedagem web e, depois disso, o banco de dados foi retirado do ar.

O TechCrunch afirma ainda ter conseguido verificar alguns dos números de telefones encontrados. Alguns registros continham até nome, gênero e país de origem.

SIM Swap

Esse tipo de exposição pode fornecer dados necessários para que cibercriminosos realizem ataques do tipo SIM Swap, que é quando um criminoso se passa por uma vítima que precisa de outro chip e pede que a empresa de telefonia mande um novo. Entretanto, o chip chega para o criminoso.

A técnica de SIM Swap clona todas as informações contidas em um cartão Subscriber Identity Module (SIM). No entanto, é necessário ter em mãos dados pessoais básicos e por esse motivo, personalidades famosas podem estar mais vulneráveis a esse tipo de ataque, já que seus dados são facilmente encontrados na internet.

Ataques de SIM Swap podem ser altamente prejudiciais, pois permitem que um atacante consiga recuperar senhas e credenciais de acesso para muitos sistemas pessoais de uma vítima, como redes sociais, e-mail, conta bancária, aplicativos de mensagens instantâneas e outros.

O que diz o Facebook?

No ano passado, o Facebook decidiu atualizar seus planos e restringir o acesso a dados do Facebook, com a atualização a rede social proibiu que usuários acessassem o número telefônico de outros usuários. O Facebook proíbe também que desenvolvedores tenham acesso a esse tipo de informação.

No entanto, Jay Nancarrow, porta-voz do Facebook, disse que os dados foram coletados antes que a rede social proibisse o acesso aos números de telefones de usuários. "Esse conjunto de dados é antigo e parece ter informações obtidas antes de fazermos alterações no ano passado para remover a capacidade das pessoas de encontrar outras pessoas usando seus números de telefone”, explica.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site