Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Facebook processa desenvolvedores por fraude em plataforma de anúncios
Facebook processa desenvolvedores por fraude em plataforma de anúncios
Home > Internet

Facebook processa desenvolvedores por fraude em plataforma de anúncios

Segundo companhia, desenvolvedores utilizaram técnica de injeção de cliques para aumentar artificialmente a quantidade de receita dos anúncios

Da Redação

08/08/2019 às 13h05

Foto: Shutterstock

O Facebook anunciou em seu blog oficial, na última terça-feira (6/8) que processou dois desenvolvedores de aplicativos sob a acusação de que os apps ganhavam dinheiro de forma fraudulenta na plataforma de publicidade da rede social.

O esquema utilizado recorre a uma técnica conhecida como injeção de cliques, onde aplicativos geram cliques em anúncios de forma fraudulenta sem o consentimento do usuário para aumentar artificialmente a quantidade de receita dos anúncios.

Jessica Romero, diretora de aplicação do Facebook, disse em seu post que a rede social entrou com uma ação contra os desenvolvedores por fraude de injeção de cliques. “Os dois desenvolvedores, LionMobi, com sede em Hong Kong, e JediMobi, com sede em Cingapura, geraram pagamentos não ganhos do Facebook por deturparem que uma pessoa real clicou nos anúncios”, escreveu.

“Os desenvolvedores disponibilizaram aplicativos na Google Play Store para infectar os telefones de seus usuários com malware. O malware criado por usuários falsos clica nos anúncios do Facebook que aparecem nos telefones dos usuários, dando a impressão de que os usuários clicaram nos anúncios”, completou.

De acordo com o TechCrunch, juntos, os apps somam mais de 207 milhões de downloads e ainda estão disponíveis na loja do Google. O Facebook garantiu, em seu post, que todos os anunciantes afetados foram reembolsados pelo Facebook em março deste ano.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site