Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Facebook começa a vender anúncios em vídeo no Brasil
Facebook começa a vender anúncios em vídeo no Brasil
Home > Internet

Facebook começa a vender anúncios em vídeo no Brasil

Novo formato será liberado aos poucos para os anunciantes brasileiros da rede social

Da Redação

20/05/2014 às 15h47

videosfacebook.png
Foto:

Os Premium Video Ads, vídeos de 15 segundos que poderão ser promovidos no
Facebook, acabam de chegar ao Brasil. Lançada em março nos Estados Unidos, a
nova categoria de publicidade na rede social está disponível a partir de hoje
no Brasil e em mais 6 países (Austrália, Canadá, França, Alemanha, Japão e
Reino Unido).

O objetivo do formato, de acordo com o Facebook, é auxiliar anunciantes e
agências a aumentarem o alcance do branding na rede social, abrindo a
possibilidade de divulgação por meio de storytelling, com um material de alta
qualidade de imagem, som e movimento.

Com um tempo máximo de 15 segundos, os anúncios são exibidos na timeline dos
usuários, onde começam a rodar, sem som, assim que aparecerem na tela. Para
conferir o vídeo completo, o usuário precisa clicar no vídeo, para expandir a
publicação e conferir o conteúdo. Caso a pessoa continue a navegar pela timeline,
sem clicar no vídeo, a exibição é cancelada.

No Brasil ainda estão sendo definidos quais anunciantes e agências
utilizarão o Premium Vídeo Ads no período inicial de testes. A expectativa é
que a novidade já comece a ser exibida na timeline dos usuários brasileiros nos
próximos meses.

Nos Estados Unidos, os anúncios em vídeo na rede social não são baratos. Segundo o AdAge, um dia de divulgação de anúncios em vídeo para um dos 4
grandes grupos demográficos da rede social (mulheres abaixo dos 30, homens
abaixo dos 30, mulheres acima dos 30 e homens acima dos 30) custaria 1 milhão
de dólares.

De acordo com analistas de mercado, a rede social espera que os anúncios em
vídeo aumentem seu faturamento, mas para isso ela precisará ter cuidado para
não irritar os usuários aceitando anúncios demais. Algumas agências de criação
e compradores de mídia dizem que estão esperando para ver se os anúncios serão
eficazes, antes de adotá-los.

Além dos Vídeo Premium Ads, a empresa anuncia também o lançamento de novas
métricas para vídeos, pensadas para auxiliar anunciantes e agências a
compreenderem melhor a forma como o público interage e responde aos vídeos
postados no Facebook.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site