Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
EUA passam a exigir informações de redes sociais para visto americano
EUA passam a exigir informações de redes sociais para visto americano
Home > Inovação

EUA passam a exigir informações de redes sociais para visto americano

Nova regra exige que candidatos incluam links ou nomes de usuário dos perfis usados nos últimos cinco anos

Da Redação

02/06/2019 às 10h41

Foto: Shutterstock

Quer viajar aos Estados Unidos, mas ainda não possui o visto americano? Pois a partir de agora novas solicitações deverão incluir também informações de redes sociais dos candidatos ao documento.

Segundo informações da agência de notícias AP, porta-vozes do Departamento de Estado americano confirmaram que os novos formulário de visto de entrada terão que incluir informações sobre redes sociais dos candidatos na solicitação. A medida já começou a valer a partir da última sexta-feira (31).

No Twitter, usuários relatam já terem encontrado o novo modelo de solicitação no site da embaixada americana.

O que muda na prática

Candidatos ao visto americano deverão informar links ou nomes de usuário dos perfis usados nos últimos cinco anos. Além disso, o sistema passa a pedir os e-mails e telefones registrados pelos solicitantes.

Segundo estimativas das autoridades, a medida deve afetar cerca de 14,7 milhões de pessoas por ano e vale para praticamente todos os candidatos aos vistos de turismo, estudo e trabalho. Apenas alguns candidatos ao visto diplomático devem ser poupados da solicitação.

Até então, apenas os candidatos que eram selecionados para verificação extra, como pessoas que viajaram para áreas controladas por organizações terroristas, tinham que apresentar links das redes sociais.

De acordo com comunicado do Departamento de Estado, as novas regras visam a segurança nacional do país. "A segurança nacional é a nossa principal prioridade ao julgar pedidos de visto, e todo potencial viajante e imigrante passa por uma extensa triagem de segurança ”, disse o departamento. "Estamos trabalhando constantemente para encontrar mecanismos que melhorem nossos processos de triagem para proteger os cidadãos dos EUA, ao mesmo tempo em que apoiamos viagens legítimas para o país".

Entretanto, a medida não foi bem recebida por organizações da sociedade civil. "A regra vai infringir os direitos dos imigrantes e dos cidadãos dos EUA ao restringir a liberdade de expressão e associação, particularmente porque as pessoas agora terão que se perguntar se o que eles dizem online será mal interpretado ou mal compreendido por um funcionário do governo", afirmou a União Americana pelas Liberdades Civis em comunicado.

 

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio