Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Entrevista: Yahoo explica como abertura do buscador afetará Brasil
Entrevista: Yahoo explica como abertura do buscador afetará Brasil
Home > Internet

Entrevista: Yahoo explica como abertura do buscador afetará Brasil

São Paulo – Gerente geral de busca e diretor de produto do Yahoo Search detalham novidades na busca da empresa e impacto das mudanças no País.

Guilherme Felitti, editor-assistente do IDG Now!

19/05/2008 às 19h22

Foto:

novabusca_yahoo_88b.jpgA mudança radical de postura do Yahoo quanto à busca tem um claro objetivo: aumentar a relevância dos resultados de forma a fazer com que a base de usuários cresça da mesma maneira. Concomitantemente, a receita de publicidade vai atrás.

“Nosso objetivo primário é oferecer uma plataforma onde o usuário tenha resultados para buscas mais precisos e que anunciantes possam reproduzir propagandas para o público especifico”, apressa-se o brasileiro Cris Pierry, gerente geral de buscas do Yahoo, em São Francisco (EUA), em entrevista ao IDG Now!.

Leia mais sobre a abertura do Yahoo:
> Análise: Yahoo se abre para alcançar Google
> Buscador explica aberto de códigos
> Para combater Google, Yahoo abre busca
> MS e Yahoo negociam apenas Yahoo Search

Junto ao diretor de gerenciamento de produto do Yahoo Search, Ariel Seidman, Pierry falou ao IDG Now! sobre as principais mudanças que a empresa espera que abertura da busca tenha no setor, amplamente dominado pelo rival Google, além de novidades quanto à integração dos projetos no Brasil.

Qual é o cronograma do Yahoo OpenSearch nas próximas semanas?
Cris Pierry - Entre maio e junho, veremos todo o potencial da Search Monkey no mercado. Oferecemos para desenvolvedores e todos os outros na última semana e, logo, lançaremos nossa galeria de aplicações, que usuários poderão experimentar.
++++
Veremos pelo tempo também alguns destes aplicativos integrados na busca. Busca é a posse mais valiosa na internet. Estamos abrindo esta experiência para desenvolvedores e permitindo que eles se beneficiem do tráfego de qualidade gerado por nossos usuários.

Na perspectiva do usuário, o Search Monkey oferecerá uma amostra da riqueza de informações que você tem no seu site, encorajando-o a entrar e explorar esta informação mais a fundo.

Como estas aplicações serão integradas na busca do Yahoo?
CP- Não existem downloads, você apenas escolhe quais aplicações vai usar na sua busca.

Basicamente, o resultado tradicional traz texto com um link de maneira estruturada. Em um exemplo com o Search Monkey, o usuário poderá habilitar aplicações que substituem o tradicional texto por conteúdos muito mais relevantes, como imagens e metadados.

Se eu sou um usuário, posso escolher por alguns destes aplicativos. Como Publisher, você pode integrar estas aplicações para o usuário da sua busca, aumentando a relação que ele terá com sua marca.

Se você usa o LinkedIn, pode definir que, sempre que buscar o nome de algum profissional, verá nos resultados, além dos links e textos, informações adicionais, como fotos, histórico escolar ou profissões, por exemplo.
++++
Que tipo de aplicações vocês esperam que sejam mais populares neste novo modelo?
Ariel Seidman - Depende muito do perfil do usuário que faz a busca. Depende do gênero, da idade ou qualquer outro parâmetro demográfico.

Gerações mais novas provavelmente vão procurar informações sobre entretenimento e esportes. Pessoas como eu vão atrás de informações financeiros e dados profissionais. Queremos otimizar a experiência de busca sem se basear na idade.

Com o tempo, enquanto desenvolvemos um conjunto robusto e único de aplicações, poderemos entender como as pessoas as usam e poderemos indicar os principais perfis de uso.

O Search Monkey já está disponível para desenvolvedores brasileiros?
CP - Brasileiros já podem experimentar e testar o Search Monkey pelo Yahoo internacional. Usuários do Yahoo Busca e do Yahoo Cadê poderão experimentar os resultados diferenciados de busca no próximo trimestre.

De que forma os serviços próprios do Yahoo, como del.icio.us, Respostas e Flickr, serão integrados ao OpenSearch?
AS - O Search Monkey permitiu que eles decidissem como seria a integração e, evidentemente, trabalhamos juntos e demos exemplos de como poderá ser feita essa integração. Mas o poder do Search Monkey é deixar que o Publisher decida como vai querer que suas informações sejam apresentadas.

No geral, porém,serviços como Local e Respostas foram tratados como qualquer outro desenvolvedor externo. Demos nosso kit de desenvolvimento, sem qualquer benefício adicional. Estamos nivelando todos os desenvolvedores do projeto.
++++
Uma das discussões online sobre a abertura que o Yahoo está promovendo na sua busca é sobre uma suposta permissão da empresa para que desenvolvedores mexam no algoritmo de busca. Isto está nos planos?
CP - No geral, estamos inclinados a abrir o algoritmo de busca como extensão (do projeto) para desenvolvedores externos. Mas agora não temos qualquer tipo de anúncio oficial sobre esta possibilidade.

O Yahoo começou a oferecer sua busca integrada, chamada de Glue Seach, na Índia durante as últimas semanas. Há planos para expandir a ferramenta a outros mercados?
AS - É um experimento novo que estamos testando no mercado indiano e vamos continuar a entender quais são as implicâncias dele para os usuários - indianos, no caso - e quais são suas conseqüências em outros países onde o Yahoo atua. Não temos nenhum anúncio oficial agora.

CP – O que veremos no próximo ano é um conjunto de diversas das atitudes inovadoras do Yahoo em buscas pelo mundo. Nos próximos trimestres, veremos muitas dessas idéias sendo testadas entre usuários na Austrália, Índia, Brasil e em outros países.

Queremos saber como podemos experimentar e inovar em buscas. Um desafio é entender qual a melhor experiência para cada mercado - devemos apostar em um modelo global ou em um para cada país? Haverá muitas (novas tecnologias) que lançaremos para testar e terão sucesso e outras que não, que deverão ser esquecidas.

AS – Estamos nos tornando mais agressivos nestas apostas. Algumas delas já estão no ar, inclusive no Brasil, com a integração de notícias do Yahoo Notícias, vídeos (de serviços como YouTube) que podem ser vistos dentro da página de resultados e de conteúdo do Yahoo Respostas.

Como o Yahoo pretende monetizar esta mudança radical de postura quanto à busca?
Se pudermos oferecer uma experiência de busca diferenciada e os usuários começarem a falar sobre isto com seus amigos, é provável que a consulta geral ao serviço aumente e, com isto, a qualidade dos termos procurados aumente com o tempo.

A monetização poderá ser feita, então, pelo Yahoo Search Marketing que poderá integrar anúncios resultantes no topo disso tudo, garantindo que a propaganda seja ainda mais relevante.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site