Home > Inovação

Empresa que prometia enviar humanos para Marte vai à falência

Mars One diz que fundação não será afetada e anuncia evento para apresentar novo investidor em março

Da Redação

12/02/2019 às 13h05

Foto: Mars One/divulgação

A Mars One Ventures, divisão com fins lucrativos do projeto Mars One, conhecido pela promessa de enviar humanos para viver em Marte, teve a sua falência declarada recentemente por autoridades suíças, segundo o The Verge.

De acordo com o site especializado, a informação sobre a falência da companhia foi revelada inicialmente por um usuário da plataforma social Reddit, que fez um post sobre o assunto no final de semana.

Nesta terça-feira, 12/2, a Mars One publicou um comunicado em seu site afirmando que a sua divisão sem fins lucrativos, a Mars One Foundation, não será afetada pelo “processo administrativo” da Ventures. No texto, a Mars One também diz que vai mudar seu foco, afirma possuir um novo investidor, que será apresentado (juntamente com seus planos) durante um evento em 6 de março e destaca a intenção de estabelecer uma “máquina de marketing”.

“Para a realização da viagem para Marte, a companhia vai continuar buscando colaborações estratégicas com empresas e organizações renomadas envolvidas com a viagem para Marte. A Mars One em si vai focar no ainda mais inspirador ‘estar lá’, a história aventureira dos humanos realmente vivendo em Marte, transformando o Planeta Vermelho na sua nova casa. Utilizando o seu novo plano de investimento, a Mars One Ventures vai estabelecer uma máquina de marketing, criando conteúdos contínuos sobre essas atividades, avaliadas de todos os ângulos, incluindo aspectos tecnológicos, psicológicos, econômicos e éticos.”

Criada pelo holandês Bas Lansdorp, a Mars One chamou a atenção nos últimos anos pelos seus planos ambiciosos para criar uma colônia humana em Marte, sendo alvo de questionamentos por parte de pesquisadores do MIT em 2014.

“É o objetivo da Mars One estabelecer uma colônia humana em Marte. Uma colônia humana em Marte é o próximo grande passo para a humanidade. Explorar o sistema solar como uma humanidade unida nos deixará mais próximos”, afirma a organização no seu site.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail