Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Dell, Intel e Samsung promovem padrões de conectividade para Internet das Coisas
Dell, Intel e Samsung promovem padrões de conectividade para Internet das Coisas
Home > Internet

Dell, Intel e Samsung promovem padrões de conectividade para Internet das Coisas

Empresas integram o Open Interconnect Consortium, formado por fabricantes de hardware interessados na criação de normas de segurança, autenticação e comunicação para IoT

Agam Shah , IDG News Service

08/07/2014 às 9h11

Foto:

A interconexão de sensores, objetos e dispositivos digitais através de padrões interoperáveis não tem preocupado só as empresas de software e a Linux Fundation. Algumas empresas de hardware líderes de mercado também decidiram formar um consórcio com o objetivo de criar normas para que bilhões de dispositivos possam se conectar uns aos outros, em um cenário de Internet das Coisas.

Intel, Samsung e Dell estão entre os membros fundadores do Open Consortium Interconnect (OIC), que ainda este ano pretende entregar a primeira de muitas especificações para o fluxo de dados entre dispositivos digitais, independentemente do sistema operacional, tipo de dispositivo ou tecnologia de comunicação sem fio utilizada.

As empresas do OIC distribuirão o código-fonte aberto para que os desenvolvedores possam escrever pilhas de software comuns para comunicações e notificações através de aparelhos eletrônicos de consumo, controles remotos, wearables, sensores e outros dispositivos digitais.

A intenção do consórcio é, primeiro, estabelecer padrões ao redor da identificação, autenticação e conectividade de dispositivos e instrumentos de coleta de dados em "casas inteligentes", empresas e os eletrônicos de consumo, disse Gary Martz, gerente de linha de produtos da Intel.

Posteriormente, o OIC se ocupará de setores verticais como automotivo e saúde, onde os dispositivos e tecnologias de comunicação são diferentes, disse Martz.

Cerca de 212 bilhões de dispositivos estarão conectados em 2020, destacando a necessidade de padrões de comunicação para a Internet das Coisas, disse Doug Fisher, vice-presidente e gerente geral do Grupo de Software e Serviços da Intel, citando projeções da IDC.

A plataforma de Internet das coisas da OIC pretende estabelecer uma forma "limpa" para troca de informações e a superação de barreiras relacionadas com transporte de dados sem fio, mecanismos de autenticação, tecnologias de segurança e sistemas operacionais, disse Fisher.

O OIC não é o primeiro grupo de normas Internet das Coisas. No início deste mês, a Microsoft se juntou ao AllSeen Alliance, um grupo criado em dezembro passado pela Linux Fundation. O OIC tem muitos dos mesmos objetivos que a AllSeen Alliance, que quer estabelecer uma plataforma de software comum para a identificação e a conectividade entre dispositivos. Um dos pilares da AllSeen é o AllJoyn, plataforma de software da Qualcomm para que smartphones, smartwatches, tablets e PCs possam falar uns com os outros.

A diferença básica é que a AllSeen Alliance não está focada em segurança e autenticação, disse Martz. O OIC irá compartilhar as especificações e código com o outro grupo, para estabelecer uma interface comum entre eles.

Além disso, o OIC certificará dispositivos compatíveis com seus padrões. O grupo irá trabalhar em normas abrangendo uma série de tecnologias sem fio, incluindo WiFi, Bluetooth, ZigBee e NFC (near-field communication).

Outros membros fundadores da OIC incluem fabricantes de chips Atmel e Broadcom. O OIC também está estendendo a mão para os fabricantes de eletrônicos e mais membros serão anunciados ainda este ano.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio