Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Contra fake news, Pinterest passa a exibir informações sobre vacinas
Contra fake news, Pinterest passa a exibir informações sobre vacinas
Home > Internet

Contra fake news, Pinterest passa a exibir informações sobre vacinas

Rede social busca oferecer conteúdo criado e checado pela OMS, Vaccine Safety Net, entre outros órgãos

Da Redação

30/08/2019 às 19h45

Foto: Shutterstock

Legenda:

O Pinterest, que havia bloqueado desde 2017 os termos de pesquisa relacionados à vacinação, anunciou nesta semana que vai exibir informações de organizações de saúde para pesquisas com palavras-chave relacionadas à saúde, vacinação e doenças.

De acordo com uma publicação no blog oficial da empresa, o Pinterest havia removido os resultados relacionados a saúde para evitar a disseminação de conteúdo falso e mentiroso. Agora, a rede social busca oferecer conteúdo criado e checado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Vaccine Safety Net, Academia Americana de Pediatria e Centros de Controle de Doenças.

Ifeoma Ozoma, gerente de políticas públicas e impacto social do Pinterest, explica que a empresa identificou um número de informações erradas sobre a saúde, que geralmente são acessíveis e visualmente mais atraentes que artigos científicos sobre as virtudes das vacinas.

“Além disso, descobrimos que alguns fornecedores de informações erradas sobre saúde têm um incentivo financeiro. Por esse motivo, limitamos os resultados da pesquisa a Pins de organizações de saúde reconhecidas internacionalmente. Se você estiver procurando aconselhamento médico, entre em contato com um médico”, explica o executivo.

A atualização já está disponível nos aplicativos para Android, iOS e desktop, somente na língua inglesa, no entanto a empresa tem planos de expandir o serviço para outros idiomas. O Pinterest deve focar primeiro em atualizar os resultados relacionados a vacinas, mas como informa Ozoma, a empresa deve cobrir mais palavras-chave relacionadas à saúde. “Também continuaremos a remover esse conteúdo e as contas que o espalharem de nosso serviço”, escreve.

A decisão de adicionar conteúdo informativo real a plataforma veio depois que a empresa percebeu que a maioria dos posts relacionados a vacinas continham incentivos anti-vacina.

O Facebook, Twitter e YouTube também começaram a tomar medidas para impedir o compartilhamento de conteúdo anti-vacina. Nos EUA, os Centros de Controle de Doenças disseram que entre 1 de janeiro e 22 de agosto foram confirmados 1.215 casos de sarampo, o maior número de casos relatados no país desde 1992 e desde que o sarampo foi declarado eliminado em 2000.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site