Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Chineses usam blogs para acusar bloqueio do Twitter, Hotmail e Bing no país
Chineses usam blogs para acusar bloqueio do Twitter, Hotmail e Bing no país
Home > Internet

Chineses usam blogs para acusar bloqueio do Twitter, Hotmail e Bing no país

São Paulo - Dois dias antes do aniversário de 20 anos do massacre da Praça da Paz Celestial, China bloqueia Twitter, Flickr, Bing e Hotmail.

Redação do IDG Now!

02/06/2009 às 10h52

Foto:

Chineses estão usando blogs para acusar o governo chinês de bloquear serviços online nesta terça-feira (02/06), dois dias antes da comemoração de 20 anos do massacre da Praça da Paz Celestial.

Por mais que não haja uma confirmação oficial do governo da China, usuários chineses acusam a impossibilidade de acessarem o serviço de microblog Twitter, a comunidade de fotos Flickr, o buscador Bing e o serviço de e-mail Hotmail.

"Sem dúvida nenhuma, os bloqueios são um esforço para diminuir os comentários online e a disseminação de informações sobre o massacre na Tiananmen Square, que completa seu vigésimo aniversário em  4 de junho", escreve o designer norte-americano Ryan McLaughlin, atualmente morando na China.

O blog Danwei, que cobre a mídia e o setor publicitário chineses, ecoa as acusações de Ryan, apontando ainda que a filtragem atinge determinadas palavras na URL dos serviços.

Twitter, Flickr, Bing e Hotmail se juntam a outros serviços que vem enfrentando bloqueios históricos na China, como a plataforma de blogs Blogspot e o serviço de vídeos YouTube, ambos do Google. Entre os sites que já sofreram bloqueios estão o Google News e a Wikipedia.

A disseminação da notícia sobre o bloqueio online já fez com que a expressão "China blocks Twitter" apareça na manhã desta terça como a segunda mais publicada e comentada no próprio Twitter, segundo a ferramenta de busca do serviço.

O HerdictWeb, iniciativa da Universidade de Harvard para rastrear bloqueios de serviços online pelo mundo, indica um aumento considerável nos relatos de censura ao Twitter por usuários dentro da China.

A China vem gastando centenas de milhões de dólares desde 2003 em um sistema que identifica e bloqueia conteúdos considerados nocivos à nação, chamado de "Golden Shield" ou "Great Firewall of China" ("Grande Escudo da China").

O governo chinês não comenta oficialmente suas iniciativas no setor nem detalha quantas pessoas trabalham para o "escudo dourado" ou os sites atualmente bloqueados. Uma lista na Wikipedia acompanha e traça um histórico dos serviços atualmente bloqueados ou que já sofreram restrições de acesso na China.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site