Home > Internet

Banco Central encerra atividades do Banco Neon, alegando ‘graves violações’

BC informou em nota que apura responsabilidades e adotará medidas cabíveis; Fintech brasileira recebeu aporte recente de R$ 72 milhões

Da Computerworld Brasil

04/05/2018 às 11h44

banconeon_625.jpg
Foto:

O Banco Central do Brasil decretou nesta sexta-feira (4/5) a liquidação extrajudicial do Banco Neon S.A, alegando graves violações às normas legais e regulamentares que disciplinam a atividade da instituição. Com isso, fica decretada o encerramento das atividades da empresa.

Procurado bem cedo pela Computerworld Brasil, o Neon Pagamentos não respondeu de pronto. Mais tarde, em nota divulgada à imprensa, informou que  a liquidação extrajudicial  se limita apenas ao Banco Neon S.A (atual denominação do antigo Banco Pottencial). A  Neon Pagamentos, que mantém as operações digitais conhecidas pelo público de todo o país, é uma pessoa jurídica distinta do Banco Neon, com sócios e administradores independentes.

Portanto, o anúncio de liquidação não interfere na administração da Neon Pagamentos, que inclusive recebeu aporte recente de fundos de venture capital. O aporte contou com a participação das empresas Propel Ventures,
Monashees, Quona, Omydiar Network, Tera Capital, family office do Patria
Investimentos, e Yellow Ventures. Até o momento, esse é o maior aporte
feito em fintech em uma rodada Series A no País.

A Neon
Pagamentos ressalta que os recursos depositados em contas de pagamentos
dos clientes encontram-se disponíveis para saque e compras por meio de
cartão de débito e não serão afetados pela liquidação extrajudicial do Banco Neon.

Em 2016, a Neon Pagamentos e o Banco Neon
firmaram um acordo operacional com o objetivo de oferecer contas de
pagamento e serviços financeiros relacionados ao mercado. Assim, alguns
dos serviços financeiros intermediados por meio do Banco Neon
estão temporariamente indisponíveis, como: pagamento de boletos, envio e
recebimento de transferências, utilização do cartão de crédito, resgate
de Certificados de Depósitos Bancário (CDB) e recarga de celular.

 A Neon Pagamentos já toma providências para contar com novo banco liquidante para regularizar a prestação de seus serviços e reforça o compromisso de manter clientes e mercado informados.

Liquidação
Segundo nota publicada pelo BC, a supervisão do Banco Central constatou o comprometimento da situação econômico-financeira do Banco Neon S.A, que tem sede em Belo Horizonte (MG).

O BC diz que “está adotando todas as medidas cabíveis para apurar as responsabilidades, em observância às suas competências legais de supervisão do sistema financeiro. Nos termos da lei, ficam indisponíveis os bens dos controladores e dos ex-administradores da instituição.”

Ainda, registra que as irregularidades encontradas no Banco Neon não estão relacionadas com a abertura e movimentação de conta digital ou com a emissão de cartões pré-pagos, objeto de acordo operacional com a empresa Neon Pagamentos S.A. para estruturação de plataforma de banco digital integrada com a gestão de contas de pagamento.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail