Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Apple lança cartão de crédito internacional sem taxas de anuidade
Apple lança cartão de crédito internacional sem taxas de anuidade
Home > Inovação

Apple lança cartão de crédito internacional sem taxas de anuidade

Apple Card, segundo a companhia, terá as menores taxas da indústria. Cartão também contará com programa de benefícios

Caio Carvalho

25/03/2019 às 16h27

Foto: Divulgação

Os rumores de que a Apple lançaria um cartão de crédito se concretizaram. Nesta segunda-feira (25), a empresa revelou durante o evento "É hora do show" o Apple Card, com a promessa de simplificar inúmeros processos que envolvem os cartões tradicionais, porém com um foco muito maior em transparência e segurança.

Criado pela Apple em parceria com o banco americano Goldman Sachs, o Apple Card funciona por meio do aplicativo Apple Wallet, o que significa que os usuários podem gerenciar suas compras usando somente o iPhone junto com o Apple Pay. Inclusive, o cadastro é feito de maneira instantânea pelo próprio Wallet, e qualquer dúvida ou ocorrência pode ser registrada 24 horas por dia, sete dias na semana pelo app iMessage.

A bandeira escolhida é do Mastercard, e todos os processos acontecem diretamente no iPhone. Em locais onde o Apple Pay ainda não é aceito, a empresa lançará uma versão física do cartão. O item, fabricado em titânio, tem um visual bem minimalista na cor branca e inclui apenas o nome do usuário gavado a laser e o chip. Não há número, código de segurança, validade ou assinatura, pois todas as informações estão disponíveis no celular.

Para dar vida ao cartão, o sistema utiliza aprendizado de máquina para entender os locais onde o cartão foi usado. As compras são automaticamente organizadas em categorias com cores e temas diferentes, incluindo Bebidas e Comidas, Shopping e Entretenimento. Há também gráficos de despesas para ajudar no controle de dinheiro semanal e mensalmente.

Assim como nos cartões tradicionais, o Apple Card também oferecerá um programa de benefícios chamado Daily Cash. Para cada compra realizada no cartão, a companhia devolve uma pequena quantia de volta para ser utilizada como quiser. São devolvidos 2% de todo o valor gasto para aquisições no geral, e 3% para compras feitas na Apple (online ou física, App Store ou iTunes Store). Já para o cartão físico de titânio, a devolução é de apenas 1%. Não há limite de acúmulo para a devolução de valores.

Além disso, o Apple Card não possui taxas de anuidade, para atraso ou de uso internacional, e a companhia afirma que quer garantir as menores taxas de juro da indústria. Entretanto, não foi explicado exatamente como a empresa cobraria contas atrasadas, mas garantiu que não haverá multa - o que a Apple destacou é que haverá outros métodos para quitar as dívidas.

No quesito segurança, o Apple Card exige autenticação via Face ID ou Touch ID para todas as transações, e nem a Apple ou seus parceiros saberão o que foi comprado, quando foi comprado ou qual o valor das transações. Isso porque a análise de dados é feita localmente no iPhone do usuário, e não nos servidores da gigante de Cupertino.

Inicialmente, o Apple Card estará disponível nos Estados Unidos entre junho e setembro deste ano.

IDG Now! agora é itmidiacom. Para ler mais notícias, acesse.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site