Novo
Agora IDGNow! é IT Midia.com
Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Logo ITMidia
Logo ComputerWorld
Logo PCWorld
Logo CIO
Logo ITForum
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Últimos favoritos Ver todos
Últimas notícias do conteúdo : Ver todos
Após investigação, MP diz que não houve vazamento de dados da Boa Vista SCPC
Após investigação, MP diz que não houve vazamento de dados da Boa Vista SCPC
Home > Internet

Após investigação, MP diz que não houve vazamento de dados da Boa Vista SCPC

Ministério Público do Distrito Federal e Territórios passou quase dois meses investigando o caso, que foi notificado no começo de setembro.

Da Redação

06/11/2018 às 17h56

hacker-teclado-shutterstock.jpg
Foto:

 O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) anunciou nesta semana que após cerca de dois meses de investigação chegou à conclusão de que não houve vazamento de dados da empresa de crédito Boa Vista SCPC. A investigação realizada Unidade Especial de Proteção de Dados e Inteligência Artificial, do MPDFT, concluiu que aconteceu uma invasão a um servidor de desenvolvimento publicado no ambiente de nuvem, para fins de testes, mas que esse servidor não continha dados pessoais armazenados.

Com isso, o inquérito civil público do caso foi oficialmente arquivo no último dia 31 de outubro. “Neste sentido, a Nota Técnica DIINT 934 constatou que os dados pessoais supostamente obtidos durante o ataque são oriundos de outra fonte e não do Boa Vista”, afirma um trecho do arquivamento do inquérito, assinado pelo promotor de justiça e Coordenador da ESPEC, Frederico Meinberg Ceroy.

As informações sobre o suposto vazamento de dados da Boa Vista SCPC vieram à tona no início de setembro, sendo que o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios anunciou em 4 de setembro a abertura do inquérito para investigar o caso.

Conforme uma reportagem da Folha de S. Paulo na época, o incidente teria acontecido em 2 de setembro, sendo que o coletivo Fatal Error Crew reivindicou a autoria do suposto ataque, chegando a publicar em um site de compartilhamento de códigos que conseguiu obter acesso à base de dados da empresa de crédito. 

"Não postamos nenhuma informação, de nenhum brasileiro, pois prezamos pela privacidade dos mesmos. Porém, sugiro mudarem todas suas senhas logo", diz a mensagem publicada pelo coletivo.

Na ocasião, a Boa Vista SCPC não chegou a confirmar o ataque, afirmando que estava “analisando tais fatos e, se for o caso, adotará todas as medidas técnicas e legais pertinentes”. 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A IT Mídia usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site