Home > Inovação

5 razões para você aprender Python e conseguir um emprego em TI em 2019

Uma das linguagens mais populares é também uma das mais fáceis para se aprender

Da Redação

09/02/2019 às 10h00

Foto: Shutterstock

A Python se tornou uma das linguagens de programação mais populares do mundo. No ranking Tiobe, que mede a popularidade de linguagens, ela fica atrás somente das também populares e já amplamente utilizadas Java e C.

Para aqueles que estão iniciando suas carreiras em programação e desenvolvimento de software, ou até mesmo querem mudar de profissão, a Python pode ser considerada a melhor linguagem. Abaixo, separamos cinco motivos para você dedicar um tempo para aprendê-la.

1. A "porta de entrada" mais fácil

Criada em 1991, esta linguagem orientada a objetos têm como um de seus pilares a sua simplicidade. Conta com um modelo comunitário de desenvolvimento, que é aberto e sem fins lucrativos. Dito isso, é uma linguagem ágil, fácil e objetiva e é a primeira mais frequentemente ensinada nas universidades atualmente, conduzindo domínios estatísticos, inteligência artificial, testes de sistemas e domínios de script.

2. O caminho para o Machine Learning

Um dos tópicos mais quentes do mercado de TI nos últimos anos tem sido o aprendizado de máquina. E a Python pode te ajudar a se destacar neste cenário. Um dos grandes diferenciais da linguagem é simplificar muitos tipos de trabalho, desde a automação do sistema até o trabalho em machine learning. Por ser a linguagem na vanguarda de pesquisa da AI, na Python será possível encontrar a maioria das estruturas de aprendizado de máquina e aprendizagem profunda.

3. Ela não te decepciona

A sintaxe da Python é fácil de aprender: um comando termina quando uma linha acaba. Isso significa que as exigências da linguagem são reduzidas, e que uma linha de código é suficiente para a realização de tarefas que exigem mais de três linhas de código em outras linguagens. Conclusão, dessa forma você tem menos chances de errar a mão. Por ser uma linguagem interpretada, e não compilada, o Python tem seu código-fonte lido por um interpretador e convertido em código executável por uma máquina. Por não ser processada por um compilador para um formato específico, a linguagem roda em diferentes plataformas - basta ter um interpretador para processar o código. Isso torna o Python uma linguagem multiplataforma.

4. Sua popularidade e democratização só aumentam

A linguagem também é líder em programação web e computação científica. Mas para além dessas vocações e do machine learning, a mesma Python pode ser aplicada em projetos robustos e tem se tornado uma opção popular em ciência de dados. E, bem, cientistas de dados estão entre os profissionais mais demandados do mercado de tecnologia.

5. Todos querem Python

E por falar em mercado de trabalho, os setores de tecnologia de empresas como Google, YouTube, Disney e IBM estão repletos de funcionários que dominam a linguagem. Não é à toa que são as empresas responsáveis pelo crescimento desse mercado - e é justamente por isso que você deve dar uma chance para essa linguagem.

 

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail